Da Tanzânia ao Algarve

Rita e Charlie. Uma história de amor contada na primeira pessoa. Este amor começou na Tanzânia e veio  casar-se ao Algarve! Uma noiva portuguesa, com certeza! E não deixem de ver bem de perto a última foto. Curiosa. Uma boa forma de unir gerações no mesmo dia. Uma boa forma de homenagearmos os nossos familiares queridos e de criarmos fotografias únicas. A Ana e o Alfonso da Azaustre Fotografia são um casal de fotógrafos espanhóis que adoram ser ‘cúmplices nas recordações’. Vamos ver mais do trabalho destes fotógrafos espanhóis aqui no blog!

Onde e como se conheceram?
O Charlie e eu  encontramo-nos em Mwanza, na Tanzânia. Ele tinha estado um ano fora do trabalho como consultor de TI para ensinar Ciências na Escola Internacional de Mwanza. Eu estava lá a trabalhar, a fazer um trabalho de desenvolvimento com a organização de defesa dos direitos das mulheres.

Como é que o Charlie fez o pedido de casamento?
Estávamos de férias no Vietname. Nós fizemos um jantar ostentoso e surpreendente num elegante restaurante vietnamita em Hanói e quando chegamos de volta ao nosso hotel, o Charlie tinha decorado secretamente com pétalas de rosa em forma de coração a cama e colocado o anel de noivado no meio. Também tinha polvilhado a cama com um dos meus doces preferidos, M & Ms de amendoim! Coitado, a única garrafa de champanhe em que ele conseguiu pôr as mãos em cima no Vietname, era de um champanhe russo vermelho horrível. Claro, eu estava nas nuvens apenas com o gesto!

Porque decidiram casar no Mediterrâneo?
Queríamos um casamento na praia e eu nasci em Portugal. Eu ainda tenho um monte de família aqui por isso fazia sentido ter o casamento na minha terra natal. E quando eu vi o local não havia outra opção!

Incorporaram alguma coisa artesanal ou DIY no vosso casamento?
Os rótulos anexados aos presentes para convidados eram todos feitos à mão por um exército de amigos e familiares. O plano de assentos era um mapa do mundo com cartões postais artesanais que eu e o Charlie projetamos – queríamos muito incorporar o nosso amor por viajar e aprender sobre o mundo. Fizemos cartões personalizados Trivial Pursuit que entraram em cada mesa para serem usados como um quebra-gelo para os convidados. Ambos também desenhamos os nossosconvites e eu enviei por mail para todos os convidados.

O que ofereceram de lembrança aos vossos convidados?
Mini garrafas de vinho do Porto para os adultos e brinquedos de chocolate para os mais pequenos!

Que conselho dariam às noivas que pretendem fazer um Destination Wedding?
Certifique-se de que consegue um wedding planner super organizado e confiável. Alguém que conheça muito bem a região e que tenha usado o local anteriormente. Sej específico em todos os detalhes que quer – use as imagens da internet, revistas, etc. Apesar de querer  um casamento de praia, eu estava muito certa de que queria que fosse bastante boémio e descontraído. Se puder, visite o local antes de se decidir – as fotos muitas vezes não fazem justiça aos lugares! Pode ser um pouco caro voar para o local antes do casamento, mas eu acho que é preciso ter um feeling pelo lugar. A atitude descontraída de alguns espaços no mediterrâneo significa que temos de ser firmes no que toca a fazer as coisas por escrito e contratos assinados.

Existe alguma coisa que vocês gostariam de compartilhar?
Se nem tudo correr como o planeado, não se preocupe! Nós tivemos um monte de percalços com as decorações e organização no dia. No final, a coisa mais importante era eu tinha casado com o homem que amo e que a minha família e amigos estavam connoscoe para comemorar. Eu estava com os pés descalços na praia, ao pôr do sol e a comida foi incrível!! Um sonho tornado realidade!

Podem ver todas as fotos deste casamento aqui!

Inspirem-se!

 

Fotografia: Azaustrefotografo | Coordenador do casamento: Algarve Weddings by Rebecca |Cerimónia: Prais dos Três Irmãos, Alvor, Portugal | Jantar e recepção: O Luis Restaurante | Vestido de noiva: J Crew wedding | Sapatos e colar: Accessorize | Fato do noivo: The Highlands Store, Great Russell Street, London | Roupa das madrinhas e padrinhos: Ted Baker

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *