Ohhhhhh Santé! Um hino à amizade

Hoje não podia ser um dia melhor para publicar este vídeo… Quando o francês ainda está bem presente nas nossas cabeças! Brindou-se de manhã à noite, saúde à Diana, saúde ao Carlo, ao casal, à felicidade… à vida. Um casamento repleto de momentos de amizade, boa disposição e com muito pormenores que marcam a diferença. E onde os shots não faltaram! Sem dúvida um casamento com bons ingredientes para uma festa única.

“Como é possível não ser feliz nesta terra?” dizia o pai do noivo. Cascais foi a cidade escolhida para darem o nó, com o mar em pano de fundo, onde o horizonte longínquo trouxe sorrisos de diferentes partes do mundo. Foi um dia marcado pela diversidade, origens e línguas diferentes, mas todos com um mesmo propósito, estar ali a viver e partilhar um dia especial com os amigos.

O dia da amizade podia ter sido este. Mas, prefiro pensar que é sempre que nos lembramos de momentos especiais, tenham sido na nossa infância, adolescência, juventude, ou agora em adultos (o que quer que esta palavra signifique). Agora, são cada vez menos os amigos que fazemos, as amizades são curtas e circunstanciais muitas vezes. Até assusta olharmos para trás e vermos como tudo mudou… Os pilares das nossas vidas, refazem-se a toda a hora e muitas vezes não passam de mensagens escritas no mundo das redes sociais.

Os amigos, tal como a família, ganham a cada bite uma dimensão diferente. Eu escolho dar-lhes a dimensão maior. Aquela que os quer próximos, a que lhes quer sentir o cheior, o calor. A que lhes quer arrancar sorrisos e risadas ridículas. A que sabe ouvir mas também sabe criticar sem mágua. Não é fácil ter um bom grupo de amigos. Mesmo que pequeno. Não é nada fácil mantê-los. A cada dia que passa imagino como transmitir este sentimento e responsabilidade aos meus filhos, para que sintam como eu e tenham muito respeito pelo que esta palavra ‘amizade’ encerra.

E este texto é um abraço forte aos meus amigos, que são poucos mas que me fazem crescer, que me fazem acreditar que há pessoas boas, que me fazem rir mas também já me arrancaram lágrimas. Que estão sempre do meu lado mas também sabem discordar de mim.

Caro Hugo – Caso-me contigo, não diria melhor: “um brinde à amizade”.

 

Inspirem-se!

 

PS: Tenho a sorte de ter herdado os poucos amigos do meu marido. Ainda este fim de semana pensava “o Rui, todos os anos reúne os amigos num churrasco do título – como eles intitulam a data, quer o Porto seja ou não campeão. Todos os amigos deviam ter uma data para se encontrar, pelo menos uma vez por ano. Bem haja Rui!”

 

Vídeo: Caso-me contigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>